Treinamento de Líderes – Para Casais

Treinamento de Líderes  – Para Casais

O Ministério de Casais Amovc oferece treinamento, palestras e seminários com uma metodologia inovadora para o fortalecimento das famílias, além de literatura e DVDs com temas e orientações sobre vida familiar
MINISTÉRO DE CASAIS AMOVC
O que é 
Ajuda às famílias "ferramentas” que as deixem melhores equipadas e consequentemente mais seguras para o enfrentamento dos enormes desafios que tem abalado e desestruturado muitas famílias nos tempos atuais.

Visão
Equipar as famílias com uma visão mais consciente sobre o investimento que devem fazer para que estejam mais fortalecidas e estimular a tomada de decisões importantes para a mudança de quadros de desajustes emocional e familiar.
ajuda os casais a resolverem seus conflitos diários através da comunicação efetiva e transparente de um para com outro, o  casal na busca de arrependimento e perdão, trazendo oportunidade de restauração  de seu  casamento e envolvendo os dois em um amor incondicional. O resgate do conceito original de aliança ajudará os casais em sua comunicação, aprendendo a reconhecer e anular as ciladas das trevas que visam a destruição do casamento.
Objetivos:
Hoje o Ministerio de Casais Amvc têm abrangido várias denominações em várias cidades brasileiras, abençoando famílias e fortalecendo cada vez mais as igrejas. Acreditando sempre que “Família é um Projeto de Deus”.
§  Trazer o entendimento à mente e ao coração sobre a diferença entre o relacionamento.
 Crise Igual Oportunidade
§  Dependência de Deus no Casamento
§  Praticar o perdão (arrependimento).
§  Os Papéis Marido e Mulher..
§  Permitir que o casal viva a plenitude do relacionamento,  Calçando o Sapato Do Outro..
*Este curso dinâmico e prático foi desenvolvido para casais ”. Você conhecerá o plano no coração de Deus para o seu casamento e o poder de uma vida transformada pelo poder do Espirito Santo.
Informações:
.
 (sábado) dia todo
8h até 12h – Reinício das atividades do treinamento com uma pausa para coffee-break.
12h até 13h30 – Almoço.
13h30 até até 18h30 -Reinicio das atividades do treinamento com uma pausa para coffee-break. Encerramento com entrega de certificados.


Qualquer dúvida entre em contato conosco pelo e-mail zaqueumarlene@gmail.comr ou pelo telefone (21)  7863-5128 (21) 3173-8128

37 coisas que se deve dizer ao cônjuge

37 coisas que se deve dizer ao cônjuge

Um casamento feliz é um porto seguro onde podemos relaxar e nos recuperar das tensões do dia-a-dia. Precisamos ouvir coisas positivas de nosso companheiro ou companheira. Da mesma forma que eu reuni alguns amigos para relacionarem uma lista do que NÃO se deve dizer ao cônjuge, eles também sugeriram o que gostariam de ouvir.
Belo trabalho!
Você é maravilhoso(a).
O que você fez foi muito bom.
Você está deslumbrante hoje.
Eu não me completo sem você.
Agradeço tudo o que você tem feito por mim em todos esses anos.
Você está em primeiro lugar na minha vida, antes dos filhos, da carreira, dos amigos, de tudo.
Estou feliz por ter-me casado com você.
Você é o(a) meu (minha) melhor amigo(a).
Se tivesse de começar tudo de novo, eu me casaria com você.
Como quis ter você ao meu lado hoje!
Senti sua falta hoje.
Não consegui parar de pensar em você hoje.
É bom acordar a seu lado.
Você sempre será o meu amor.
Adoro ver o brilho em seus olhos quando você sorri.
Como sempre, você está com uma ótima aparência hoje.
Eu confio em você.
Eu sempre posso contar com você.
Você faz com que eu me sinta bem.
Estou muito orgulhoso(a) por ter-me casado com você.
Sinto muito.
O erro foi meu.
Do que você gosta?
Em que você está pensando?
Quero ouvir com atenção.
Você é muito especial.
Não posso imaginar viver sem você.
Eu gostaria de ser um(a) companheiro(a) melhor.
O que posso fazer para ajudar você?
Ore por mim.
Estou orando por você hoje.
Eu aprecio cada momento que passamos juntos.
Obrigado(a) por me amar.
Obrigado(a) por me aceitar.
Obrigado(a) por ser meu (minha) companheiro(a).
Você torna meus dias mais brilhantes.

Steve Stephens

Com Jesus Teremos: Ano Novo, Vida Nova e Casamento Novo.

O amor humano autêntico é uma entrega total da própria pessoa: alma, coração, corpo, toda a própria vida, presente e futuro. Quando duas pessoas se amam, sabem que vão compartilhar toda a sua vida. O casal é isto: um com uma para sempre, em tudo, para terminar nos filhos. Já não são dois, mas uma só carne e uma só vida. Antes eram duas vidas independentes que, de vez em quando, coincidiam. Agora estão intimamente ligados, a vida de um é inseparável da do outro. Até nas coisas mais concretas.

AS CINCO LINGUAGENS DO AMOR

AS CINCO LINGUAGENS DO AMOR 
( do livro as cinco linguagens do amor)

Você já parou para pensar como muitos casais se separam tão rapidamente? Eu penso que uma das razões, seja a falta de interesse em agradar um ao outro. Pois, cada um busca satisfação própria sem se preocupar com o sentimento do outro.
A pessoa que entra no casamento em busca de satisfação própria, não demora a se separar. Pois, com pouco tempo de casado ele sentirá um vazio, e buscará novamente satisfação em outra pessoa. E isso vai acontecer muitas vezes na vida dessa pessoa, até que ela entenda que ninguém tem satisfação plena.
Uma pesquisa feita nos Estados unidos mostra que 40% do primeiro casamento, 60% do segundo casamento e 75% do terceiro casamento terminam em divórcio. Pelo que se pode ver a chance de serem felizes no segundo e no terceiro casamento não é atingida. 
DEVEMOS ESTAR DISPOSTO A APRENDER A PRIMEIRA LINGUAGEM DO AMOR DE NOSSO Cônjuge SE QUISERMOS COMUNICAR O AMOR DE UMA FORMA EFICIENTE.
No âmago da existência do ser humano encontra-se o desejo de intimidade e de ser amado. O casamento foi idealizado para suprir essas necessidades.
Compreender as cinco linguagens do amor e aprender a falar a primeira linguagem de amor de seu cônjuge pode alterar completamente o comportamento dele. As pessoas relacionam-se de forma diferente quando seu “Tanque do Amor” está cheio.



PRIMEIRA LINGUAGEM DO AMOR: palavra de afirmação
Mark Twain disse: “Um bom elogio pode me manter vivo durante dois meses”.  
Uma forma de expressar o amor emocional é utilizar palavras que edificam. Salomão, um dos escritores da Bíblia, escreveu: “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto. A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra”.
Elogios e palavras de admiração são poderosos comunicadores do amor. São os melhores comunicadores em forma de expressão direta e simples, como: “Você ficou muito elegante neste terno!”, “Você ficou ótima com este vestido!”. O objetivo do amor não é você conseguir algo que deseja, mas fazer alguma coisa pelo bem-estar de quem você ama. No entanto, sabe-se que, quando recebemos elogios ficamos mais dispostos a retribuir a gentileza. 
Elogios é uma entre as muitas formas de expressar palavras de afirmação ao cônjuge.
Outra forma são as palavras encorajadoras. Encorajar significa “inspirar coragem”.
O encorajamento exige empatia que nos leva a enxergar o mundo sob a perspectiva de nosso cônjuge. Devemos, em primeiro lugar, procurar saber o que é importante para ele.


SEGUNDA LINGUAGEM DO AMOR: Tempo de qualidade
Tempo de qualidade é você dedicar a seu cônjuge sua inteira atenção, sem a dividir. Sair com seu cônjuge; ficar a sós para conversar etc.
Dedicar tempo de qualidade significa fazer coisas juntos e conceder atenção total a quem está conosco. 
A pessoa que tem a linguagem de amor tempo de qualidade se sente muito insegura em relação ao amor de seu cônjuge, se esse não lhe der atenção.
O cônjuge que tem a linguagem do amor Tempo de Qualidade precisa:
Ø  Estar sempre juntos;
Ø  De conversa de qualidade;
Ø  Atividades de qualidade;


TERCEIRA LINGUAGEM DO AMOR: Presentes
Um presente é algo que você pode segurar nas mãos e dizer: “Ele pensou em mim!”, ou “Ela se lembrou de mim!”. Antes de comprarmos um presente para alguém, pensamos naquela pessoa. O objetivo em si é um símbolo desse pensamento. Não importa se foi caro ou barato, o importante é que ele seja a prova desse desejo.
O presente é um símbolo visual do amor. Na maioria das cerimônias de casamento os noivos dão e recebem alianças. A pessoa que realiza a cerimônia diz: “Estas alianças são o sinal visível dos elos espirituais que unem estes dois corações em um amor que nunca terminará”. Os símbolos possuem valores emocionais.
SE A PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR DE SEU CÔNJUGE FOR PRESENTES, VOCÊ PODE SER ESPECIALISTA NESSA ÁREA. NA VERDADE, ESSA É UMA DAS LINGUAGENS MAIS SIMPLES DE APRENDER. Você investirá em seu relacionamento e encherá o “Tanque do Amor” emocional de seu cônjuge. Com o “tanque cheio”, ele corresponderá a seu amor emocional em uma linguagem que você por certo entenderá. Quando as necessidades emocionais de ambos são supridas, o casamento toma uma dimensão totalmente nova. Não se preocupe com seus investimentos. Você sempre será econômico, mas investir no amor de seu cônjuge será como comprar a ação mais valiosa da bolsa de valores.
Lembre-se sua presença em tempo de crise é o maior presente que se pode dar ao cônjuge se a primeira linguagem o amor dele for presente.

QUARTA LINGUAGEM DO AMOR: Atos de serviço
A linguagem do amor atos de serviço é você fazer aquilo que você sabe que seu cônjuge gostaria que você fizesse. È procurar agradar realizando coisas que ele aprecia, expressando amor por diversas formas de “atos de serviço”. 
Essas formas podem ser as mais variáveis possíveis, como preparar uma boa refeição, pôr uma mesa bem arrumada, lavar a louça, passar o aspirador, arrumar a cômoda, etc.


QUINTA LINGUAGEM DO AMOR: Toque físico
Há muito se sabe que o toque físico é uma forma de se comunicar o amor emocional. O toque físico é também um poderoso veículo de comunicação para transmitir o amor conjugal. Andar de mãos dadas, beijar, abraçar e manter relações sexuais são formas de comunicar o amor emocional de seu cônjuge.
O toque físico pode iniciar ou terminar um relacionamento. Pode comunicar ódio ou amor. A pessoa cuja linguagem do amor é toque físico receberá uma mensagem que vai muito além das palavras “Eu odeio você” ou “Eu amo você”. 
Um tapa na cara da pessoa que tem o Toque Físico como primeira linguagem do amor será devastador.
 Um abraço afetuoso comunica amor ao cônjuge que tem o Toque Físico de forma mais intensa e ele se sente amado e seguro.

Ao descobrir que a primeira linguagem do amor de seu cônjuge é Toque Físico, sua única limitação é a própria imaginação quanto às formas de expressar amor. Descobrir novas formas e lugares de toque pode ser um excitante desafio.


Escola de Líderes

Escola de Lideres Amovc

Bem-vindos à Escola de Líderes  Amovc


Para auxiliar todos que necessitam construir um programa de desenvolvimento e formação de lideranças, criamos um sistema que permite a esolha de diversos temas pré-selecionados para capacitar pessoas no papel de líderes, dentre diversos aspectos que consideramos essenciais.

A Escola de Líderes visa formar líderes de êxito para a Obra de Deus despertando-os para sua liderança. Sua missão é capacitar cada líder para que transforme a nossa geração por meio de conhecimento da vida cristã, bem como os ensinamentos práticos para o exercício da liderança. 
Reconhecendo que precisamos de uma cobertura espiritual.
Pr. Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros
Conferencista na área de família
T

 21-3173-8128 - 21- 7863-5128

Equilíbrio no Casamento

Êxodo - 2 - 18 : 24
Inicialmente, para podermos entender este EQUILIBRIO necessário a qualquer casamento, precisamos entender como tudo começou quando DEUS criou o casamento.
Por isso leio o Livro do Gênesis, ou seja o Livro dos começos, capítulo 2, versículos 18-24.
Neste texto estamos no início da criação. O seu contexto nos informa que o mundo estava um caos e DEUS começa a colocar ordem e criar todas as coisas. No cap. 1, vv. 1-2 a Bíblia diz que DEUS usou sua palavra e disse: “Haja Luz...”, ou seja, pela palavra de DEUS o desequilíbrio que havia no mundo foi transformado em ordem. Ordem é antônimo de desequilíbrio
A TRINDADE (Deus-Pai, Deus-Filho, Deus-Espírito Santo) criou o mundo e colocou ordem na casa. E ao observarmos a TRINDADE notamos que existe um equilíbrio: Na trindade existe amor, serviço, ordem e satisfação, ou seja, afetividade – Eles servem porque amam. Eles amam, e porque amam servem. Assim é que na seqüência, DEUS criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança, para que quando se casassem, pudessem também experimentar: Amor, Serviço, Ordem e Satisfação, ou seja, EQUILIBRIO.
A ordem inclui as funções e o cumprimento delas por cada um dos cônjuges. As funções de cada um são cumpridas por causa do amor que cada um tem um para com o outro. Por causa do amor eles servem. Eles servem porque amam. Eles amam e porque amam servem. E o que estamos querendo dizer é que em função do amor existente entre o casal, cada um tem interesse em transformar o CAOS em EQUILIBRIO. E a pergunta crucial então é esta: COMO MANTER O EQUILIBRIO NO CASAMENTO? Como manter o taça cheia sempre? (...até porque os cônjuges vem para o casamento, casa um deles, com uma taça vazia na mão, e cada um diz para o outro: Espero que você encha a minha taça no casamento!).
À luz desta introdução é importante dizer que a Bíblia sempre nos orienta que DEUS tem interesse no nosso casamento mais do que pensamos. O casamento é um contexto onde a glória de Deus é refletida. O trabalho de manter o EQUILIBRIO no casamento é um trabalho conjunto NOSSO e de DEUS! Por isso, DEUS INTERVEM SEMPRE PARA DAR O EQUILIBRIO NECESSÁRIO AO CASAMENTO. Ou seja, DEUS milagrosamente produz equilíbrio dando para o lado desgastado e vazio um equilíbrio na relação com ELE. E este equilíbrio resulta no fato de que o desgastado consegue sobreviver ao desequilíbrio relacional até o momento da intervenção de DEUS.
Como DEUS faz isso? O SALMOS 23 é bem sugestivo: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará”. Significa dizer que quando temos um relacionamento significativo com o pastor das nossas almas, nós seremos capazes de viver sem outras coisas, inclusive aquilo que o cônjuge não consegue nos dar.v. 2: “Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz às águas tranqüilas”. Ou seja, DEUS me renova quando me sinto desgastado. ELE cria tréguas nas tensões. v. 3: “Restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome”. DEUS me capacita quando me sinto impotente. Ser impotente é não saber o que fazer, mas ELE me guia.
Ser impotente é não ter as forças para fazer, mas ELE me alimenta...v. 4: “Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo, a tua vara o teu cajado me protegem”. - DEUS me acompanha até o momento da SUA intervenção. Ele está presente no vale de desgaste e da falta de esperança. Portanto, é necessário sermos cheios de DEUS primeiro para podermos encher a taça do outro. Sem esse processo, ou seja, sem DEUS no seu casamento, você não terá condições de encher a taça do seu cônjuge e manter o equilíbrio em seu matrimonio.
Somente ELE pode encher a taça. Somente DEUS pode encher cada um de nós individualmente para podermos encher o a taça do outro e conseqüentemente darmos o EQUILIBRIO NO CASAMENTO!
Quando DEUS enche a minha taça então eu posso também encher a taça do meu cônjuge. Que o matrimonio de vocês sejam regados com a graça, a misericórdia e benção do Senhor!
Que DEUS os abençoe!
Por Ely X. de Barros

A importância do deserto

“Ele está gritando no deserto: Preparem o caminho para o Senhor passar! Abram estradas retas para Ele" (Mc 1:3)

O maior de todos os profetas, João Batista, escolheu desenvolver o seu ministério no deserto. Creio que a escolha foi baseada numa direção divina, que tinha como objetivo fazer com que, tanto João, quanto o próprio povo, tivessem experiências significativas com Deus. Sobre as bênçãos decorrentes do deserto, é que queremos falar nesta ocasião.

1. Um Lugar Para Ouvir a Deus 

O deserto, para João Batista, representava um lugar especial onde teria condições de se afastar das distrações desta vida, a fim de poder ouvir as ordens de Deus.
Todos nós vivemos num mundo agitado, onde nos vemos, muitas vezes, obrigados a correr para cima e para baixo tentando cumprir nossas agendas diárias; mas nem sempre nos damos conta de que tal agitação pode nos distanciar daquele lugar de comunhão, no qual podemos ouvir a suave voz de Deus.

Nestas horas é que percebemos o quanto necessitamos tomar a decisão de procurar o "deserto nosso de cada dia", para que ali Ele fale de maneira que possamos ouví-Lo, sem as interferências que, naturalmente, nos rodeiam todos os dias.
O nosso deserto pode significar um quarto fechado para oração, um tempo recolhido à sós com Deus, ou apenas um lugar e um tempo, quando estar em Sua presença é a coisa mais importante para nós.

Se deixarmos de ouvir a Deus em nosso caminhar diário, correremos o risco de perder a direção, a visão e o propósito maior para nossa existência. Por isso, precisamos ouví-Lo.

2. Um Lugar de Renúncia

O texto bíblico mostra que as multidões partiam para o deserto a fim de se encontrar com João e ouvir sua mensagem. Com isso, cada um estava deixando de lado sua casa, seu compromisso, seu conforto, seu trabalho. Tal atitude representava renúncia e despojamento da velha estrutura de vida rotineira, em busca de algo que eles consideravam ser importantes para suas vidas. Cada um estava demonstrando com esse comportamento, a disposição de renunciar algo de valor para obter o que era ainda mais precioso.

Essa experiência nos ensina a não esperar a bênção "em domicílio", mas a valorizá-la a ponto de seguir em sua busca.
Os que não estavam dispostos a deixar tudo e partir para o deserto, também não estariam dispostos a deixar posturas erradas para assumir um compromisso com Deus.

Não queremos, com isso, dizer que precisamos "comprar" a bênção de Deus, anulando, assim, a graça que há em Cristo Jesus. É claro que todas as bênçãos nos são concedidas pela graça, e não pelo esforço humano. No entanto, nossas atitudes externas demonstram a intensidade do desejo do nosso coração.

3. Um Lugar Desprovido De Religiosidade

Cremos que ao pregar o Evangelho de Deus no deserto, João Batista estava promovendo a ruptura com a hipocrisia dos líderes religiosos de sua época, que dava mais valor às suas vestimentas sacerdotais e objetos sagrados, do que fazer verdadeiramente à vontade de Deus. Muitos queriam impressionar o povo com uma aparência de piedade, mas seus corações estavam vazios de Deus e da sua unção. João Batista chocava a multidão, por que suas vestes não eram semelhantes às de um religioso. Sua comida e sua habitação eram totalmente diferentes do convencional. Mas a sua vida expressava tremendo poder e unção do Alto.

Contudo, isso cremos que Deus estava querendo incutir na mente das pessoas, que elas deveriam estar preparadas para receber algo diferente do habitual. O objetivo era o de ajudar o povo a romper com aquela religiosidade infrutífera para que pudesse receber de Deus a verdadeira mensagem, totalmente desprovida de religiosidade, o que faria toda diferença em suas vidas.

Conclusão: O deserto no ministério de João Batista foi um lugar especial onde ele e o povo puderam separar-se para ouvir a voz de Deus, de forma mais clara. Para receberem a mensagem do Altíssimo, as pessoas tiveram de deixar o conforto do lar, demonstrando interesse de renunciar coisas importantes por algo de maior valor: a Palavra de Deus.

João Batista vestia-se de forma diferente dos religiosos da época, passando sempre a mensagem de que a verdadeira transformação procede de dentro para fora, e não o contrário, por meio de uma verdadeira atitude de arrependimento.

Separe-se agora um pouco, a fim de ouvir a voz de Deus no seu coração.
Mesmo durante a semana, escolha lugares de menor movimento para que ali você possa ter condições de discernir em seu coração, o que Ele tem para sua vida. 


COMO RECONSTRUIR SEU CASAMENTO

A confiança é talvez um dos elementos mais importantes de um casamento.

O que acontece quando essa confiança é quebrada por uma ou mesmo duas das pessoas em um casamento?

Um casamento pode implodir, e, infelizmente, pode acabar em divórcio.

Outras vezes, uma relação de confiança não pode ser quebrada, mas um casal tem crescido ao longo dos anos além. Como você pode passar os problemas que causaram a dor ou o distanciamento em primeiro lugar?

Independentemente da sua situação específica, esta lista de sugestões que podem ajudar a reconstruir e reparar o seu casamento.

PERDOE: 

A fim de reconstruir o seu casamento, você deve perdoar o seu cônjuge para o que quer que seja que aconteceu. Isso não significa que você tem que esquecer o que ele ou ela fez, mas é honesta e sinceramente necessidade de perdoar.

Se você não pode perdoar o seu cônjuge para o que você acredita que ele ou ela fez ou disse, então você precisa perguntar o porquê. Que é isso que você está parando de perdoar ele? Se você achar que não pode perdoar ele, é pouco provável que você irá reconquistar a confiança de que é tão importante para um bom relacionamento.


PARAR O COMPORTAMENTO:

Vamos ser francos. Se você está tentando reconstruir o seu casamento devido a um problema confiança, então a pessoa que quebrou a confiança no relacionamento precisa de parar qualquer que seja ele ou ela estava fazendo que quebrou essa confiança para começar. Afinal, como um casamento pode ser reconstruído se o problema que estava causando o problema ainda persiste no casamento? Precisa parar, a fim de reconstruir.

A COMUNICAÇÃO É FUNDAMENTAL:

A comunicação é fundamental. Para reconstruir um casamento, você deve comunicar! Falar abertamente com o seu cônjuge e dizer-lhe os seus sentimentos. Não mantenha como você se sente no interior ou no frasco para cima os seus sentimentos. Identifique qual é o problema e falar sobre isso. Sua esposa (o) deve mostrar um interesse sincero na reconstrução da relação e deve ter em conta tudo o que sentem e pensam.

A melhor maneira de aprender a comunicar com o seu cônjuge durante o casamento é procurar aconselhamento. Nunca ter vergonha de procurar ajuda . Um conselheiro pode ajudá-lo tanto para validar os seus sentimentos e aprender a melhor maneira de falar uns aos outros. Acredite ou não, existem algumas técnicas - que se aplica especialmente bem sob condições estressantes - para permitir que você mantenha um diálogo.


Um conselheiro pode também ser capazes de oferecer-lhe informações sobre o que está faltando no seu casamento e te dar dicas sobre a forma de reconstruir a confiança ea intimidade novamente.


Dedique tempo juntos. Independentemente do motivo pelo qual você tem a necessidade de reconstruir o seu casamento, uma ótima maneira de fazê-lo está a passar tempo juntos. Para começar, tente executar uma data, uma vez por semana à noite. Se, uma vez por semana não é possível, então trabalhe duro para isso acontecer bimestralmente.


Converse com o seu cônjuge, tente se lembrar das coisas que você amou uma vez para fazer juntos. Leve essas idéias e use-as para o seu encontro.

Ir para lugares que você nunca tenha ido ou lugares que você gostava antes. Trazer de volta aquela velha sensação que tive um para o outro. Dêem as mãos, correr na chuva, ficar conversando até tarde da noite.

Data e hora noites juntos são maravilhosos caminhos para ajudar a reparar um casamento quebrado.E se o romance está fora de questão para você neste momento, então encontrar atividades que você pode desfrutar sem correr tanto em sua cabeça sobre questões. A idéia aqui é passar algum tempo juntos é que não conflituosa e até divertido. Isto significa que, se houvesse uma infidelidade, o que quer que faça, não vão ver um filme que inclui uma infidelidade. Você precisa construir sobre o que ainda é boa e simples entre si. Se isso significa que tudo o que podemos fazer é através do polegar um desenho revista em conjunto, que assim seja. Encontrar maneiras de gastar tempo e se divertir juntos, qualquer que seja o que significa para você.

Dê-lhe tempo. Independentemente do que aconteceu no seu casamento que ele tenha causado a necessidade de ser reconstruído, é importante saber que a reconstituição de um casamento leva tempo. Por favor, não esperamos que possa acontecer durante a noite, ou mesmo em um mês. Pode demorar um ano ou mesmo mais tempo para reconstruir o seu casamento. Se você realmente está empenhado em reconstruir o seu casamento, lembre-se. Não desista se parece estar a levar mais tempo do que previsto. Roma não foi construída em um dia - o seu casamento não pode ser reconstruído em um quer. Vai levar algum tempo!

Não compare-se com o Joneses. Você sabe o queridos - as pessoas bonitas com os dois filhos, a Volvo station wagon eo recentemente remodelado casa, que ainda parecem encontrar tempo para um outro romance. Lembre-se que cada casal tem suas questões. Nunca comparar sua situação para todo mundo, em sua própria cabeça e não certamente em voz alta para seu esposo. Você tem tropeçado em toda a sua questões particulares por uma razão - porque você precisa trabalhar através delas - por isso não romantizar as outras pessoas da circunstância. Você não tem idéia do que realmente se passa no Joneses. Concentre-se em sua própria situação, um dia por vez.

Embora este trabalho não é certamente fácil, ele irá revelar-se valer a pena no final. Você quer reconstruir o seu casamento ou saber por que razão ela não pode ser reconstruída, e você vai aprender uma quantidade enorme sobre você e seu cônjuge durante o processo. Você deve ser capaz de reconstruir o seu casamento, você vai se tornaram mais estreitas com o seu cônjuge, com melhores aptidões para comunicação e intimidade, e seu casamento vai colher os benefícios de todo o seu árduo trabalho.

Biografia do Pastor Zaqueu Medeiros

Ministério de Casais Amovc
Pastor da Igreja Assembleia de Deus - Tijuca- RJ, onde moro. Sou casado com Marlene Inácio Medeiros e pai de dois filhos, Rafael Medeiros s e Matheus . ). bacharel em teologia pela (EPOE-Epoe Escola De Preparação De Obreiros Evangélicos Rio De Janeiro Ano 1989), com especialização em aconselhamento pastoral e terapia de casais, exerce um ministério específico com famílias desde 2000. tendo ministrado em todo o Brasil , estados unidos
Pr. Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros

21-7863-5128 Nextel  ID.55+10+42511 21-3173-8128

Curso de Noivos

Paz,
Atenção Lideres de família; Lideres de Casais. Você que e casado não fez o
curso de noivos aproveite.
Existe uma frase de efeito: ‘’ O aprender e reaprender é o desafio que acompanha o ser humano’’.
Serão Seis Domingos, Início 30.03.2014 as 10 ( EBD)
Assembléia de Deus Missão Apostólica da Fé
Campo de São Cristóvão, 200 e 338 - Bairro Imperial de São Cristóvão - Rio de Janeiro – RJ
Maiores informações: Acesse http://www.ministeriodecasaisamovc.com/
Tel.: 21-7863-5128 – 21-3173-8128